30 de agosto de 2014

CoRI e Departamento de Letras inscrevem para curso preparatório para Diploma de Espanhol

A Coordenadoria de Relações Internacionais (CoRI) e o Departamento de Letras da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) inscrevem até o dia 3 de setembro os interessados em participar da seleção para o curso preparatório para o Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira (DELE), Nível B1.
Para participar do curso, os requisitos básicos são: estar matriculado em curso de Graduação em Letras ou de nível superior nas áreas e temas do Programa Ciência sem Fronteiras (PCsF), ter nacionalidade brasileira e coeficiente de rendimento escolar (CRE) igual ou superior a 7,0 (sete). O curso preparatório pretende propiciar aos alunos de graduação em Letras e aos estudantes da UEPB que desejam participar do Programa Ciência sem Fronteiras o domínio em nível intermediário do idioma espanhol.
As inscrições ocorrem no horário das 9h às 11h30 e das 14h30 às 16h30. Estão sendo oferecidas 30 vagas. O curso terá 30 horas/aula e será ministrado no turno da tarde, das 14h30 às 16h, todas as terças e quintas-feiras. Os candidatos que desejem participar do curso se submeterão a um teste de nivelamento, o qual consistirá de entrevista simples e análise curricular.
Os diplomas de Espanhol como língua estrangeira são títulos oficiais que certificam o grau de competência e domínio do idioma espanhol, outorgado pelo Instituto Cervantes em nome do Ministério da Educação e Ciência da Espanha.
Fique sabendo
A UEPB será Centro Aplicador do DELE (Diplomas de Español como Lengua Extranjera) e aplicará um exame especial para as Chamadas do programa Ciência sem Fronteiras em vigência, no dia 26 de setembro de 2014. Outras informações podem ser obtidas através do fone (83) 3315-3415 e pelo e-mail pcsf@uepb.edu.br.

29 de agosto de 2014

Universidade Estadual da Paraíba firma convênio com Prefeitura de Sapé para formação continuada de professores

sap2O Reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior, recebeu na manhã desta quarta-feira (27), em seu gabinete, no Câmpus de Campina Grande, o prefeito de Sapé, Flávio Roberto Malheiros Feliciano, para juntos assinarem um convênio de parceria entre a Secretaria de Educação daquele município e a Instituição. Participaram da reunião a pró-reitora de Ensino Médio, Técnico e Educação à Distância (PROEAD), Eliane Moura; o secretário de Educação do município de Sapé, Kildare André Lima de Freitas; e a gerente pedagógica de Sapé, Lucia Maria Pereira Leite.
Segundo Kildare Freitas, a busca por firmar parceria com a UEPB surgiu a partir da necessidade em prestar formação continuada aos professores da rede municipal de Sapé, tendo em vista um melhor desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), indicador do Governo Federal.
De acordo com a professora Eliane Moura, este tipo de solicitação vem sendo feita por diversas prefeituras e a Pró-Reitoria procura atender a todas, discutindo as principais necessidades e delineando propostas para os encontros de capacitações, que ocorrem geralmente às sextas-feiras e aos sábados. Através desta assinatura, Sapé consta como o segundo município a firmar parceria com a UEPB, através da PROEAD. O primeiro convênio foi firmado com a Prefeitura de Campina Grande.
Para a gerente pedagógica Lúcia Leite, a parceria é importante porque tem em vista as próximas avaliações do IDEB e a possibilidade de alcançar um crescente nível de aprendizado. “Com ações de educação como esta a UEPB só tem a melhorar o nosso município”, afirmou.
Equipe capacitada
Professores pós-graduados em diversas áreas do conhecimento, como Pedagogia, Letras, Matemática, Língua Portuguesa, História, Geografia e demais licenciaturas da UEPB foram convocados a participar do aperfeiçoamento prestado aos docentes de outros municípios, em um sistema chamado de “Formação do Formador”.
“A PROEAD possui equipe multidisciplinar de projetos pedagógicos para educação continuada nos municípios paraibanos. Nosso trabalho vai desde a educação infantil ao ensino médio, sempre no sentido de melhorar a prática dos professores em sala de aula”, explicou a pró-reitora Eliane Moura, acrescentando que o projeto ainda envolve alfabetização de jovens e adultos, educação em comunidades quilombolas e diversos níveis de ensino e temáticas.

Cineclube Machado Bittencourt promove exibição em homenagem aos 33 anos de morte de Glauber Rocha

O Cineclube Machado Bittencourt, projeto de extensão do Departamento de Comunicação (DECOM) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), prestará uma homenagem ao cineasta brasileiro Glauber Rocha, falecido há 33 anos, com a exibição, nesta sexta-feira (29), do filme “Terra em Transe”, filmado em 1967. A sessão acontece, a partir das 16h, na Sala 213 do Centro de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó.
“Terra em Transe” é um filme contemporâneo que mesmo tendo sido produzido há mais de três décadas permanece atual, retratando uma realidade que não é muito diferente dos episódios ocorridos em 1967. No filme, Glauber realizou a primeira análise profunda e profética para o pensamento da esquerda oficial. “É como se ele tivesse feito uma profecia” observou o professor Rômulo Azevedo, idealizador do Cineclube.
O filme foi considerado pela crítica uma obra-prima de Glauber Rocha e recebeu o Prêmio Internacional da crítica no Festival de Cannes. No filme, o senador Porfírio Diaz (Paulo Autran) detesta seu povo e pretende tornar-se imperador de Eldorado, um país localizado na América do Sul. Porém, existem diversos homens que querem este poder e resolvem enfrentá-lo.
Glauber de Andrade Rocha morreu no dia 22 de agosto de 1981, aos 42 anos, no Rio de Janeiro, devido a problemas broncopulmonares. Ele foi apontado como um dos líderes do cinema novo, do movimento vanguardista, e o responsável por uma grande renovação do cinema brasileiro, na década de 1960.

Livros da Editora da UEPB na rede Scielo estão entre os mais acessados na internet

Ao participar da 23ª edição da Bienal Internacional do Livro que, este ano, foi realizada no Anhembi, na cidade de São Paulo, a Editora da Universidade Estadual da Paraíba (EDUEPB) recebeu a importante notícia de que dois dos livros que saíram com o selo Latus da Editora da UEPB, contidos na rede Scielo, estão entre os mais acessados pelos internautas.
Conforme relatório divulgado na Bienal do Livro, estão entre os campeões de acesso os livros Teoria Quântica – vencedor do Prêmio Jabuti – e Tecnologias Digitais na Educação). No total, o acesso às obras ultrapassa 800 mil downloads. “Quem é do mundo acadêmico sabe o significado da base Scielo. Só estão na base os periódicos científicos avaliados nos estratos A1 e A2, ou seja, a excelência da excelência” comemorou o professor Cidoval Morais, diretor da Editora.
De acordo com o professor Cidoval, a EDUEPB está hoje com 11 livros já disponibilizados na rede Scielo e mais nove foram aprovados para entrar nas próximas semanas. Atualmente, integram a rede Scielo 513 títulos de oito editoras. A média de downloads da rede, por livro, é de 50, 4 mil. A média de acesso dos títulos da EDUEPB é de 74,8 mil, acima da média geral. “Isso é uma marca impressionante e mostra a qualidade dos livros publicados por nossa Editora”, destacou Cidoval Morais.
Novos lançamentos
A EDUEPB lançou, recentemente, novos três livros. As obras “Raul Seixas e a Modernidade, uma viagem na contramão”, de Sonielson Jovino Silva; “(Ins) pirações”, do professor Flávio Romero Guimarães; e “Outra História da Mesma Coisa”, de Edson Tavares, chegam ao mercado com o selo Latus da editora da UEPB.
O livro sobre Raul Seixas surgiu a partir da percepção do autor de que o artista, mesmo morto, não só permanecia no imaginário musical brasileiro como até conseguiu adquiriu novos admiradores. A obra de 211 páginas tem o caráter não moderno, tornando-se fácil de aceitação em qualquer época. Sonielson é um cordelista de Sumé que atualmente trabalha no Banco do Brasil. Ele já publicou várias obras de contos e poesias inéditas.
“(Ins) pirações” é um livro de poesias escrito pelo professor Flávio Romero. A obra, que teve o prefácio assinado pela escritora Elizabeth Marinheiro, traz mais de 320 poemas do professor Flávio abordando temas diversos como “a alma”, “a solidão”, “a paixão”, os “sonhos”, “as lágrimas”, “a felicidade”, “o medo”, “o coração”, entre outros. O olhar poético e sensível do autor é realçado em cada capítulo. Flávio Romero é paraibano de Campina Grande e professor da UEPB, tendo dedicado toda a sua vida à educação.
Por sua vez “Outra História da Mesma Coisa”, de Edson Tavares, é um livro de contos. A obra apresenta a visão de mundo do poeta, sobre diversos temas. Os contos materializam os sentimentos do autor no universo em que ele se encontra inserido em uma linguagem de fácil compreensão. Edson Tavares nasceu em Recife (PE) e é professor de Literatura da UEPB.

1º Congresso Nacional de Educação

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) vai participar, entre os dias 18 e 20 de setembro, do 1º Congresso Nacional de Educação (CONEDU), que será realizado em Campina Grande, pela Associação Internacional de Pesquisa na Graduação em Pedagogia (AINPGP) em parceria com a UEPB, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
As atividades do evento serão realizadas no Centro de Convenções Raymundo Asfora, com o objetivo de promover ações de caráter inovador e tecnológico, incentivando a produção acadêmica para a melhoria da qualidade da educação básica e superior no Brasil. O congresso oportuniza discussões que valorizam as práticas de profissionais da Educação aproximando, cada vez mais, a universidade da escola de educação básica para a produção de conhecimentos e demandas formativas.
O CONEDU envolve diferentes áreas do conhecimento, sendo organizado em atividades que fomentam o debate sobre as temáticas envolvidas. No que se refere à programação a mesma foi delineada de modo a possibilitar uma ampla participação nas atividades propostas (conferência, palestras, minicursos, sessões de comunicação oral e pôster, atividades culturais) bem como os profissionais convidados contemplam a temática do evento e a atualidade do campo educacional. Destaca-se que a temática do evento representa o expressivo interesse para discussões relevantes que extrapolem as dicotomias entre a teoria e a prática e que estejam voltadas para os novos direcionamentos da ação docente.
Além de ser uma das instituições parceiras do evento, a UEPB vai apresentar inúmeros trabalhos frutos de pesquisas e projetos de extensão realizados por estudantes e professores, nas mais diversas áreas do conhecimento. As inscrições para participação no congresso estão sendo feitas até o dia 16 de junho, na primeira chamada. Para submissão de trabalhos, as propostas devem ser encaminhadas até o dia 11 de agosto.
Entre os temas a serem abordados no CONEDU estão “Formação de professores”, Didática, Currículo e Política Educacional”, “Fundamentos da Educação”, “Popularização da Ciência”, “Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade”, entre outros. Inscrições para participação e apresentação de trabalhos, bem como maiores informações sobre o evento podem ser obtidas através do endereço eletrônico http://www.conedu.com.br.